quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

PERDEMOS O GB

Tomei conhecimento da morte de Geraldo Blota pelo site do amigo Edu César, o www.papodebola.com.br .

Sabia da enfermidade de GB e que seu estado era muito delicado.

Outro dia voltando de São Carlos passei pela entrada de Ribeirão Bonito e me lembrei dele. A familia Blota teve suas raízes nessa cidade.

GB sempre que podia dava um pulinho até lá (antigamente conhecida como Água Vermelha) para pescar e curtir a aposentadoria.

Ouvi o GB pela primeira vez na rádio Jovem Pan, inicio da década de 70, formando dupla com o então narrador Joseval Peixoto. Foram eles que introduziram no rádio esportivo a descontração, com brincadeiras saudáveis, bem humoradas, inteligentes, respeitosas.

Quis o destino que eu viesse a ser companheiro de Geraldo Blota na rádio Gazeta à partir de 1976. Tive um relacionamento super amigável com ele.

Explosivo, espirituoso, destemido, Blota marcou pela forte personalidade nas suas atividades. Foi vereador na capital paulista, assessor do irmão deputado Blota Jr. e ocupou diversos cargos públicos em secretarias municipais e estaduais.

Operou no ramo imobiliário, igualmente com sucesso.

Todos têm na retina a célebre imagem do milésimo gol de Pelé e aquele repórter entrando para apanhar o depoimento do Rei nas redes do Maracanã.

Assim era o Gebê. Irrequieto, elétrico, aceso, sempre tomando a iniciativa.

Foi um dos grandes jornalistas esportivos desse País.

Que o amigo tenha uma transição bem assessorada pelos irmãos da espiritualidade. Que novos caminhos sejam abertos a ele, agora em outra dimensão. Ninguém "descansa" quando deixa o corpo físico, mas se liberta para outras vestimentas cósmicas e imensas jornadas de trabalho.

Gebê jamais poderia "descansar", dada à sua característica altruísta e guerreira. Ele já já deverá estar em outras missões espaciais, em outras paragens inteligentes do Universo.

Ficam as minhas homenagens ao já saudoso amigo e os votos de muita força e compreensão aos seus familiares.





2 comentários:

  1. Ficam as nossas vibrações para mais um ente querido que se vai para outro plano,Jota!

    Com certeza, GB estará em breve trabalhando pelo bem do próximo em outra dimensão.

    Uma perda para o Jornalismo Esportivo do Brasil, mas um grande exemplo aos novos que vêm por aí, como eu.

    Grande Abraço Jota!

    ResponderExcluir
  2. Um grande repórter e um grande sujeito. Assim como seu irmão era um grande homem da TV brasileira.
    Vibrações para ele e família...

    ResponderExcluir