terça-feira, 13 de janeiro de 2009

CRISTIANO RONALDO E MARTA

Cristiano Ronaldo e Marta levantaram o caneco no prêmio-Fifa.

Dois talentos indiscutíveis.

O que pode ser discutido é o modelo do concurso. Escolher apenas o "melhor" não me parece justo e coerente.

Ocorre que a tendência é sempre escolher os artilheiros ou meias habilidosos. São os que mais chamam a atenção em uma partida de futebol. Goleiros e zagueiros, assim como os volantes, dificilmente são valorizados e consequentemente escolhidos.

Certa está a CBF nos finais de ano ao recolher os votos para todas as posições. Do goleiro ao último atacante. Assim, todos são reconhecidos, todos concorrem.

Como o futebol é o resultado do trabalho de onze seres humanos em campo (afora as comissões técnicas, roupeiros, massagistas, nutricionistas e etc) nada mais justo que TODOS mereçam concorrer.

Por isso torço o nariz para essas eleições de O MELHOR, O MAIOR, e por aí vai.

Num trabalho de equipe, indicar apenas um membro é discriminar outros valores que compõem a matéria geral.



5 comentários:

  1. Bom pensamento, Jota. Tava ouvindo hoje um comentário no rádio (ou na TV, não lembro) que foi mais ou menos nesta linha, realçando também que o futebol atual não abre tanto espaço para as individualidades quanto há 30, 40 anos, sendo mais coletivo, jogo de equipe. Não sei se concordarás, mas talvez uma eleição do "melhor dos melhores" fosse válida na época dos maiores cobras da história, como Pelé, Garrincha, Puskas, Eusébio e outros tantos. Atualmente, não há craques na acepção da palavra, e sim jogadores muito bons, mas só isso. É como defino o Cristiano Ronaldo e os demais finalistas. Já difere do futebol feminino, onde a Marta é - num sentido positivo - um monstro, léguas acima das demais boleiras, só faltando os títulos para consagrá-la de vez (mas o que me aborrece é a incoerência das incoerências do país que tem a trimelhor do mundo não dar um pingo de valorização às boleiras).

    ResponderExcluir
  2. Concordo com tudo, Jota.

    Além do mais, na minha opinião, Cristiano Ronaldo foi o jogador que mais se destacou, ao ganhar Liga dos Campeões e Mundial de Clubes, além da Liga Inglesa, mas não é o jogador mais completo do mundo. Aliás, longe disso. Mas tem um talento que devemos reconhecer, é claro.

    E também endosso tudo o que disse o Edu no comentário dele. A Marta é realmente um monstro. Para mim, um Pelé do futebol feminino (embora eu não goste deste tipo de comparação "Pelé de tal coisa", "Michael Jordan de tal esporte")...


    Abraço, Jota!

    ResponderExcluir
  3. Valeu, Edu. Belo comentário. Boas observações. Valeu, mesmo.
    abração
    jota júnior

    ResponderExcluir
  4. Boa, Allan.
    É isso ai.
    Pensamos igual.
    abraço!!!
    jota júnior

    ResponderExcluir
  5. O RONALDO ATÉ QUE FOI JUSTO..MAS...A MARTA DE NOVO??
    NUNCA GANHOU NADA IMNPORTANTE E SEMPRE MORREU NA PRAIA. FRACASSADA

    ResponderExcluir